terça-feira, 12 de maio de 2009

Porquê Monte Kurama?


Este foi o local onde o Mestre Mikao Usui permaneceu por 21 dias, meditando e desta forma
descobrindo a conexão com Reiki, a Energia Universal.
Dessa forma também uma associação que consiga reunir, sem restrições e respeitando os
princípios universais do Reiki, praticantes de Reiki torna-se também um espelho desse local
tão importante para nós.


A História do templo Kurama


O templo Kurama teve a sua origem em 770DC quando Gantei, um monge budistas, teve um
sonho onde era guiado a um lugar sagrado, na sela de um cavalo branco. Ele seguiu as
instruções do sonho e o cavalo levou-o ao sopé da montanha. Subindo a montanha, ele foi
atacado por um demónio-fêmea mas acabou sendo socorrido pela divindade Bishamonten. Em
gratidão, Gantei construiu um pequeno templo a Bishomonten no local do seu salvamento. 26
anos depois, Isendo Fujiwara, responsável pela construção do templo Toji, foi também guiado
na sela de um cavalo para a montanha, com a intenção de construir um templo a Senju
Kanzeon Bosatsu e descobriu o pequeno templo erguido por Gantei. Num sonho revelação,
Fuhiwara viu que havia uma conexão fundamental entre Bishamonten e Senju Kanzeon. Como
resultado ele reformulou o templo de Gantei para albergar as duas divindades. Diz-se que o
templo ficou conhecido como KURAMA-DERA (templo "sela de cavalo") por Gantei e Fujiwara
terem sido guiados para lá numa sela de cavalo. Ao que parece a montanha foi chamada
Kurama pelo templo que lá foi erguido e não o contrário.

(Associação Portuguesa de Reiki - Monte Kurama)

A aplicação de Reiki pelos associados do Monte Kurama


a. O Reiki não exclui, nem pode excluir, outras práticas terapêuticas e deve ser usado
como uma profilaxia ao bem estar ou um complemento terapêutico para o equilíbrio
do corpo, emoções e mente. É uma técnica não invasiva, com resultados muito
positivos na indução do relaxamento, redução da dor e stress, no aumento da
vitalidade e capacidade natural do corpo reagir à doença.
b. Os tratamentos não envolvem pressão, manipulação ou massagem. Os terapeutas de
Reiki apenas colocam as suas mãos, sem pressão, no corpo ou por cima de áreas
específicas do corpo.
c. O paciente mantém sempre a sua roupa totalmente vestida e é avisado
antecipadamente de onde as mãos do terapeuta, ou terapeutas, serão colocadas.
d. Não serão tocadas nenhumas zonas privadas ou sensíveis do corpo do paciente,
seguindo sempre o código de ética.
e. Na prática da terapêutica será sempre mantida a ética profissional que abrange o
segredo profissional entre paciente e terapeuta.

(Associação Portuguesa de Reiki - Monte Kurama)

Associação Portuguesa de Reiki - Monte Kurama



O Monte Kurama - Associação Portuguesa de Reiki, sem fins lucrativos, foi idealizada a 22 de
Maio de 2008 e está registada com o número de pessoa colectiva 508652103 e o número de
identificação na segurança social 25086521032 a partir de 2 de Outubro de 2008.


Os seus objectivos são:


1) Unificar as várias escolas, mestres e terapeutas de Reiki de Portugal, com o intuito de
criar um código de ética para a auto-regulamentação;
2) Divulgar a terapêutica e filosofia Reiki;
3) Esclarecer dúvidas e partilhar o conhecimento deste Bem Supremo;
4) Avançar com propostas para o reconhecimento do Reiki como uma terapêutica não
convencional;
5) Divulgar a necessidade dos cuidados paliativos e prestar os mesmos com entidades
que reconheçam o Reiki como terapêutica.


A sua criação vem da necessidade de prestar um serviço público de esclarecimento sobre a
terapêutica não convencional Reiki, através da divulgação da sua história e princípios, assim
como ao esclarecimento de quaisquer dúvidas relacionadas. A Associação, de forma alguma se
associa a uma única escola ou escolas nem serve princípios privados, não pretende a obrigação
de práticas ou conceitos mas, pretende que todos os seus associados sigam o código de ética
necessário à auto-regulamentação e que sigam os cinco princípios de Reiki. A autoregulamentação
é a melhor prática para esta terapêutica ser reconhecida e credibilizada
publicamente. Desde Maio de 2008 que a Associação tem prestado o esclarecimento público
sobre a terapêutica, quer a praticantes quer ao público em geral, assim como tem indicado
escolas e terapeutas associados que se comprometem ao código de ética assim como criado
protocolos com clínicas de bem-estar (SPA) e feito a mediação de conflitos. A Associação
constituída por associados praticantes de Reiki, a nível nacional e membros extraordinários,
praticantes de Reiki, a nível internacional. Internacionalmente temos membros no Brasil,
Angola, Reino Unido, Espanha e Venezuela.

(Associação Portuguesa de Reiki - Monte Kurama)

O que é o Reiki?




Reiki significa: Energia Universal (Rei = Universal, Ki = energia)



Reiki é:



1. Uma técnica de cura por "imposição de mãos"
2. Uma técnica possível de utilizar em qualquer lugar, altura ou situação
3. Uma técnica para activar, restaurar e equilibrar energia
4. Um método de cura natural, profiláctico e de manutenção de bem-estar
5. Um método que não exclui as outras medicinas ou terapêuticas, antes pelo contrário,
pode ampliar a sua eficácia
6. Uma técnica de auto-ajuda com vista ao crescimento pessoal



Para compreendermos o que é o Reiki, temos que compreender que tudo é energia e que se
tivermos percepção da energia em nós, nos outros, nas coisas, então conseguiremos trabalhar
de forma mais profunda e consciente, na nossa cura ou no que queremos na nossa vida.
A energia universal não se esgota, mesmo tratando os outros, estando a energia a passar por
nós, estamo-nos a tratar. Podemos dizer que é sempre uma acção compensatória para todos.
Praticar Reiki exige o desenvolvimento da consciência e prática do amor incondicional. Esta
forma de amor é aquela que dá sem esperar retribuição, que não olha para caras nem
corações mas sim para a necessidade de um Bem maior.



A história do Reiki



Muitas são as histórias sobre Mikao Usui e sobre como o Reiki apareceu, no entanto, não são
as histórias o mais importante, elas podem dar-nos um contexto histórico da época e da
pessoa mas Reiki é algo que se experiencia de forma íntima e profunda. A seguinte versão
(resumida) é a contada pelos seus discípulos segundo a inscrição no seu túmulo.
Mikao Usui nasceu a 15 de Agosto de 1865 na aldeia de Taniai, no Japão. Sempre foi um
estudante acima da média e o seu desejo de saber mais levou-o a viajar pelos mais variados
países para estudar os poderes curativos que eram demonstrados na bíblia e nos
ensinamentos budistas.
Um dia, visto ser budista, foi para o monte Kurama, para aperfeiçoar a sua disciplina e após 21
dias começou a sentir Reiki (energia universal) no topo da sua cabeça. Num momento de
inspiração, compreendeu um novo método de disciplina energética, a qual aplicou em si, em
primeiro lugar, depois, a membros da sua família e, finalmente, em 1922 abriu o primeiro
centro de tratamento e ensino de Reiki.

Olhando para trás, o principal propósito do Reiho não era apenas para tratar doenças, mas
também para se ter uma mente correcta e um corpo saudável para que as pessoas pudessem
aproveitar e experienciar alegria na sua vida. Por isso, quando se trata de ensinar, primeiro há
que fazer o aluno compreender os cinco princípios, que são:




Kyo Dake Wa
Okaru-Na
Shinpai Suna
Kansha Shite
Gyo-o Hage Me
Hito Ni Shinsetsu Ni




Só por Hoje,
Sou Calmo,
Confio,
Sou Grato,
Trabalho Arduamente,
Sou Bondoso

(Associação Portuguesa de Reiki- Monte Kurama)